terça-feira, 31 de agosto de 2010

Casa de Cabral

Santarém surge como o lugar onde os sonhos de Pedro Álvares Cabral ficam em suspenso a meio caminho entre a Belmonte da infância e a Lisboa da realização política e pessoal plena. Depois da viagem ao Brasil e à Índia, Cabral fixa-se em Santarém à espera de um sinal do rei para uma nova tarefa ao serviço da coroa. Aos poucos aprende a caminhar e a passear a cavalo na Ribeira de Santarém, a ir à missa na Igreja da Graça ou a conversar com os aldeões. Lentamente deixava de ser um visitante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário